Como tratar a intoxicação por mercúrio

A intoxicação crônica por mercúrio parece algo tão distante da nossa realidade. Ao menos a maioria dos médicos não pensa nessa possibilidade em situações em que não há  exposição ocupacional, ou seja, quando devido ao trabalho, a pessoa se expõe ao mercúrio.  

Contudo, continuamente estamos expostos principalmente a partir dos consumo de peixes e frutos do mar, e, para quem tem aquelas antigas obturações dentárias, as amalgamas, também tem uma fonte de intoxicação de mercúrio permanente.  
 

Caso você não tenha um médico de sua confiança, eu realizo consultas no Rio de Janeiro e também via telemedicina, no qual poderei te auxiliar de maneira individualizada.  Mais informações através do whatsapp (21) 990922975 ou acessando a página onde explico mais como funciona minha consulta online.

 Dra Suellen Vieira Araujo (CRM-RJ 95182-0)
 
 
 
 
 

Neste post você irá obter informações importantes para proceder com a investigação e tratamento da intoxicação por mercúrio

Como diagnosticar e tratar a intoxicação por mercúrio

Está Gostando? Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quais fontes de intoxicação por mercúrio?

As principais fontes de intoxicação por mercúrio são peixes, amalgamas dentárias e vacinas fonte: Biomarkers of mercury toxicity: Past, present and future trends J Toxicol Environ Health B Crit Rev. 2017; 20(3): 119–154.

Como fazemos o diagnóstico e tratamento da intoxicação por mercúrio

Abordagem da Clínica de Longevidade diante da suspeita de intoxicação crônica por mercúrio, as consultas podem ser realizadas via telemedicina ou presencialmente:

Na primeira consulta é avaliada a história clínica do paciente, investigação de sinais e sintomas relacionados a intoxicação por mercúrio e solicitação de exames laboratoriais para diagnóstico e planejamento da estratégia terapêutica, se necessária.

Alguns sinais e sintomas relacionados a intoxicação por mercúrio:

  1. excitabilidade, comportamento maníaco
  2. tremor ( inicialmente periférico que pode evoluir para tremor geral)
  3. anorexia, perda de peso, disfunção do trato gastrointestinal
    insônia, fraqueza, fadiga
  4. perda de memória, distúrbio da audição e da fala
  5. aumento da salivação, gengivite
  6. dermatite exfoliativa se a exposição ao mercúrio for pela pele.
  7. inflamação das vias aéreas e pneumonite intersticial se a intoxicação for via vapores de mercúrio
  8. aumento da resposta inflamatória e reatividade imunológica, alergias? doenças autoimunes? 
  9. clearance de creatinina abaixo do normal, insuficiência renal, síndrome nefrótica na intoxicação crônica por mercúrio inorgânico e necrose tubular na intoxicação aguda ao mercúrio inorgânico.
  10. Hiperaminoacidemia e azotemia.

Quer conquistar mais saúde? Inicie nossa avaliação online gratuita

Perguntas de consultório da Dra. Suellen Vieira Araújo (CRM-RJ 95182-0), disponíveis online

Solicitação de exames pré-desintoxicação

Alguns exames complementares úteis na confirmação diagnóstica e na estratégia terapêutica

– Provas de função renal, incluindo o clearance de creatinina
– Dosagem urinária em 24h: Mercúrio e demais metais tóxicos como chumbo, níquel, cádmio, alumínio, arsênio

– outros biomarcadores de longevidade, conforme avaliação médica.


O paciente que vem a uma consulta específica sobre intoxicação por mercúrio quase sempre já tem exames solicitados e ou até já realizou algum tratamento.  Ao agendar a consulta, é importante enviar por email, os resultados destes exames juntamente com uma história o mais detalhada possível com as seguintes informações:

- o motivo da suspeita de intoxicação por mercúrio, incluindo exposição e sintomas, se houver
- quais tratamentos já foram realizados, se houver.
- anexar também as prescrições e a lista de suplementos e medicamentos em uso ou já utilizados.

Como realizar a dosagem de mercúrio e demais metais tóxicos em urina de 24h

Ainda na primeira consulta médica a Dra Suellen Vieira Araújo poderá solicitar alguns exames sanguíneos e urinários adicionais, importante para definir como será o tratamento. 

Muitos laboratórios não estão acostumados a realizar a análise de metais tóxicos e isso pode gerar muita confusão na hora de solicitar o exame.  Por isso, antes de entregar a amostra, certifique-se de que o laboratório aceitará o pedido médico, inclusive, oriento que todo o trâmite de autorização do plano de saúde ou pagamento seja feito no dia anterior a entrega da amostra,  para que você não corra o risco de perder sua urina. 

Para a análise de metais pesados, solicite ao laboratório um frasco  de coleta de urina de 24h livre de metais pesados. No caso da capacidade do recipiente for de 1 litro, solicite duas unidades,  para não correr de não conseguir armazenar toda a urina de 24h horas
O recipiente apropriado é  transparente e com a tampa branca, conforme a figura abaixo:

 
 
coletor de urina 24h para dosagem de metais pesados deve ser transparente ou branco, incluindo a tampa.

Avaliação online

 Para conhecer mais como eu posso te ajudar,  inicie com a minha avaliação online e gratuita,  clincando aqui.   ou via whatsapp 21 990922975

 
 

Gostou? Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Escrito pela Dra. Suellen Vieira Araújo (CRM-RJ 95182-0 | CRM-ES 1712-3)

Confio na capacidade inata do corpo humano de curar-se. Este maravilhoso corpo humano, com uma mente inteligente e disciplinada, munida de conhecimento, será capaz de se manter saudável e equilibrado, sozinho, com autonomia e sustentabilidade.

Quer conquistar mais saúde? Inicie nossa avaliação online gratuita

Perguntas de consultório da Dra. Suellen Vieira Araújo (CRM-RJ 95182-0), disponíveis online

Conhecimento para manter a saúde por mais tempo?
Inscreva-se na nossa lista VIP.