fbpx

Como usar o Cloreto de Magnésio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A suplementação de cloreto de magnésio é uma  forma simples de se obter magnésio necessário para as mais de 300 reações químicas no corpo que dependem deste mineral. Por isso o corpo precisa de magnésio para funcionar bem. Os exames de sangue convencionais não detectam a deficiência de magnésio dentro da célula.
Assim, a melhor forma de saber se você precisa repor esse nutriente é tomá-lo e verificar a melhora dos seus sintomas.

O magnésio melhora dores no corpo, alivia a fadiga, ajuda a controlar a pressão arterial e diabetes, auxilia no tratamento de asma e melhora depressão.
Você pode comprar na farmácia sem prescrição médica e geralmente custa menos de 10 reais.

Conteúdo do artigo:

Beber o cloreto de magnésio - Uso oral

Dissolver o conteúdo de 1 frasco em 1 litro de água. Manter na geladeira. Tomar 25ml 2x dia.

O óleo de magnésio - Uso tópico

Dissolver o conteúdo do frasco ou envelope em 100 ml de água. Para aliviar a dor, aplicar na área do corpo onde dói 2 a 3 vezes ao dia. O líquido pode provocar sensação de coceira. É normal. Você pode diluir ainda mais a solução em água.

O Cloreto de Magnésio tem sabor ruim. Você pode diluir em suco ou água para melhorar o gosto.
O Cloreto de Magnésio pode também induzir o amolecimento das fezes. Por isso, ele também é muito bom para regular o intestino de quem tem prisão de ventre. Se você já tem as fezes soltas, fique atento a dosagem, pois pode provocar diarreia. Nesses casos, você pode reduzir ainda mais sua dose diária e se a diarreia persistir, suspenda o uso.

Referências Científicas

1. Workinger, Jayme L et al. “Challenges in the Diagnosis of Magnesium Status.” Nutrients vol. 10,9 1202. 1 Sep. 2018, doi:10.3390/nu10091202
2. Gröber, Uwe et al. “Magnesium in Prevention and Therapy.” Nutrients vol. 7,9 8199-226. 23 Sep. 2015, doi:10.3390/nu7095388
3. Tarleton, Emily K et al. “Role of magnesium supplementation in the treatment of depression: A randomized clinical trial.” PloS one vol. 12,6 e0180067. 27 Jun. 2017, doi:10.1371/journal.pone.0180067
4. Davalos Bichara, Marcela, and Ran D Goldman. “Magnesium for treatment of asthma in children.” Canadian family physician Medecin de famille canadienvol. 55,9 (2009): 887-9.
5. Zhang X, Li Y, Del Gobbo LC, Rosanoff A, Wang J, Zhang W, Song Y. Effects of Magnesium Supplementation on Blood Pressure: A Meta-Analysis of Randomized Double-Blind Placebo-Controlled Trials. Hypertension. 2016 Aug;68(2):324-33.
6. Gant CM, Soedamah-Muthu SS, Binnenmars SH, Bakker SJL, Navis G, Laverman GD. Higher Dietary Magnesium Intake and Higher Magnesium Status Are Associated with Lower Prevalence of Coronary Heart Disease in Patients with Type 2 Diabetes. Nutrients. 2018 Mar 5;10(3). pii: E307. doi: 10.3390/nu10030307.
7. Park, Rex et al. “Magnesium for the Management of Chronic Noncancer Pain in Adults: Protocol for a Systematic Review.” JMIR research protocols vol. 8,1 e11654. 11 Jan. 2019, d

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Deixe seus comentários
Dra Suellen Vieira Araujo

Escrito pela Dra. Suellen Vieira Araujo

Confio na capacidade inata do corpo humano de curar-se. Este maravilhoso corpo humano, com uma mente inteligente e disciplinada, munida de conhecimento, será capaz de se manter saudável e equilibrado, sozinho, com autonomia e sustentabilidade.

[Quiz] Como está a sua qualidade de vida?

Você sabia que é possível mensurá-la?

Descubra

Receba no seu e-mail os melhores conteúdos sobre Longevidade Sustentável

Fechar Menu